5 ERROS MAIS COMUNS NA ADMINISTRAÇÃO CONDOMINIAL


Na sociedade contemporânea, a procura por imóveis em condomínio tem crescido bastante, juntamente com o aumento da violência. Muitos abriram mão de um espaço maior ou da privacidade das casas na cidade e vêm se mudando tanto para condomínios verticais quanto para condomínios horizontais. Muitas vezes esses espaços possuem maior preocupação com a proteção, pois envolvem várias pessoas do condomínio.

Mas, para garantir a expectativa dessa demanda, a prática e os investimentos são essenciais, mas nem sempre acontece. E existem erros que podem acabar prejudicando a segurança do condomínio.

Hoje vamos falar sobre 5 erros comuns que muitos condomínios acabam cometendo e prejudicando a segurança de muitos.

1 - Despreocupação com o entorno.

Todo condomínio pertence a um local, um bairro, uma região ou um loteamento. A segurança do condomínio também depende do entorno em que ele está localizado. Não se preocupar com ele é um dos erros que são cometidos com bastante frequência.

É preciso ter consciência das áreas de risco para criar um projeto de segurança que funcione. Saber sobre a taxa de criminalidade da região, iluminação das vias de acesso. Com alguns dados é possível criar uma política de segurança local e medidas para inibir ações irregulares e trazer benefícios para a região e para o condomínio.

2 - Falta de investimento em segurança eletrônica.

Outro erro bastante comum é querer economizar com a segurança do condomínio. Ter um sistema automatizado garante maior suporte e controle da região e do condomínio, mas não adianta apenas instalar os equipamentos, é preciso ter uma equipe capacitada para utilizar e dar as devidas manutenções de forma correta nos sistemas.

Segue uma lista de alguns dos equipamentos essenciais que auxiliam na segurança do condomínio:

Sistema de Câmeras (CFTV) com gravação local e remota.

Sistema de controle de acesso, seja por biometria ou cartão RFID.

Sistema de alarmes com monitoramento.

Cercas elétricas, sensores.

3 - Não investir em estrutura física de segurança do condomínio

Um condomínio que não investe em estrutura física de segurança está correndo risco. Guarita, portões, muros e cercas são alguns equipamentos necessários que nem sempre estão presentes. Quando existem, costumam ser antigos, adequados a uma realidade que já não existe mais. Em prédios novos, nem sempre se considera aspectos básicos de segurança, já que há preocupação com estética.

É preciso ter uma consultoria especializada em segurança na assessoria dos novos projetos arquitetônicos para garantir a segurança do condomínio. A guarita, por exemplo, deve ser blindada e ter boa visão dos acessos. Um sistema passa-volume também é interessante.

4 - Descumprimento dos procedimentos de segurança

Um condomínio que não cumpre seus procedimentos de segurança também corre risco. E esse é um ponto complicado, porque demanda mudança de comportamento dos usuários. Quando não há formalização desses procedimentos, eles não são incorporados pelos envolvidos. É preciso estabelecer punições para quem descumpre as normas de segurança do condomínio.

Além disso, é muito importante treinar os funcionários e conscientizar os moradores sobre os procedimentos. A falha humana é o fator de maior risco para a segurança do condomínio. De nada adianta ter um sistema eletrônico impecável, com bom controle de acesso, se o condômino não se preocupar em seguir as regras.

5 - Falta de um seguro condomínio

Não ter um seguro condomínio é uma forma de negligenciar a segurança. Ele é um mecanismo de proteção contra acidentes (incêndio e outros) e ocorrências diversas. Em caso de ações criminosas, como roubo e furto de bens do condomínio ou dos moradores, é o seguro que se responsabilizará em indenizar as vítimas.

Quando ele não existe, é muito comum que o condomínio seja responsabilizado. Isso prejudica diretamente os condôminos. Como envolve recursos financeiros, o fato também atrapalha outros investimentos que poderiam ser realizados.

Cuidar da segurança do condomínio passa por não cometer erros que o coloque em risco. Se você incorre em algum deles, corrija enquanto há tempo. Caso precise contratar ou renovar um Seguro Condomínio para seu edifício, encontre uma seguradora para escolher as coberturas.

© 2019 by Space Intelligent

  • Twitter - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • YouTube - Black Circle